África e Médio Oriente vão liderar debates do Conselho de Segurança

Ouvir /

Aprovada agenda de trabalho proposta para o mês de julho com a presidência do Ruanda; representantes vão avaliar situações em países como Eritreia, Somália, Sudão e Sudão do Sul.

Conselho de Segurança da ONU. Foto: ONU/Devra Berkowitz

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Ruanda preside o Conselho de Segurança este mês de julho, como membro não-permanente do órgão da ONU. A presidência é sempre rotativa e abrange os 15 países que fazem parte do Conselho, incluindo os permanentes China, Estados Unidos, França, Reino Unido e Rússia.

Foi aprovada esta quarta-feira a agenda de debates para o mês. A proposta do órgão é levar a cabo cerca de 20 reuniões e dois debates, incluindo um a nível ministerial sobre a consolidação da paz.

Iraque

África e Médio Oriente são as regiões que devem liderar as discussões do Conselho de Segurança em julho. A semana do dia 7 começa com consultas sobre a Síria, seguidas de reuniões à porta fechada sobre o Escritório da ONU em África Ocidental, Unowa.

O órgão reúne-se ainda para tratar a situação na Eritreia e na Somália. Na sexta-feira, dia 11, a Missão da ONU de Assistência ao Iraque, Unami, apresenta um relatório ao Conselho de Segurança sobre o país.

O Iraque tem sido motivo de preocupação da comunidade internacional devido à nova onda de violência registada desde junho. Naquele mês, 2,4 mil pessoas foram assassinadas, entre civis e militares. O índice é o maior desde 2007.

O trabalho das missões da ONU no Sudão do Sul, na República Centro-Africana e no Chipre também são temas da agenda do Conselho.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031