Unesco lança portal de combate à corrupção na educação

Ouvir /

Pesquisa mostra que, em alguns países, salários de professores fantasmas chegam a representar 20% da folha de pagamento; Brasil citado por programa de sucesso sobre merenda escolar.

Foto: Reprodução portal Etico

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

O Instituto Internacional para Planejamento da Educação e a Unesco lançaram o portal Etico para combater a corrupção no setor. A Unesco é a agência da ONU para Educação, Ciência e Cultura.

Pesquisas feitas pelo instituto mostram que, em alguns países, os salários de professores fantasmas chegam a representar entre 15% e 20% da folha de pagamento.

Material Escolar

Em outros casos, a quantia chega a ser igual à metade dos fundos destinados a melhorar as instalações escolares e fornecer melhor material para os alunos.

O portal Etico traz as últimas pesquisas sobre corrupção na educação e busca promover transparência e discussões sobre o tema em um blog dentro do site.

A Unesco cita alguns casos de sucesso, como a criação de conselhos em escolas brasileiras para reduzir os riscos de desvio de verbas para merenda escolar.

Custos

Segundo a agência da ONU, a iniciativa do Brasil envolveu participação da sociedade civil, que checou os menus das escolas e avaliou os custos das merendas, diminuindo a transferência de recursos. Cerca de 45 milhões de pessoas foram beneficiadas com o projeto.

A Unesco cita também uma iniciativa do estado de Rajasthan, na Índia, onde 28% das escolas criaram paineis públicos com informações sobre investimentos financeiros, atuação dos professores e depoimentos sobre casos de corrupção.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 14 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 14 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031