Unesco, Japão e Nepal preservam local de nascimento de Buda

Ouvir /

Agência da ONU e governo nepalês assinaram parceria para a segunda fase do projeto de conservação de Lumbini, que é Patrimônio Mundial; governo japonês irá financiar os trabalhos.

Monumento histórico de Lumbini. Foto: Unesco/Junko Okahashi

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

O governo do Nepal e a Unesco, a agência da ONU para Educação, Ciência e Cultura, assinaram esta segunda-feira uma parceria para conservar o local de nascimento de Buda.

O projeto "Reforçando a Conservação e o Manejo de Lumbini", entra na segunda fase, que terá três anos de duração. O local onde Buda nasceu é Patrimônio Mundial da Humanidade desde 1997.

Lugar Espiritual

Os trabalhos serão financiados pelo governo do Japão, num investimento de US$ 823 mil. O embaixador japonês no Nepal, Masashi Ogawa, declarou que seu país está orgulhoso de contribuir com a proteção "desse lugar espiritual único" para as gerações futuras.

O projeto inclui a conservação de monumentos históricos de Lumbini e investigações arqueológicas no Jardim Sagrado, em Tilaurakot e em Ramagrana. Sera ainda criada uma estratégia para inscrever os dois últimos locais na lista de patrimônios históricos.

Siddhartha Gautama, o Supremo Buda, nasceu em 623 A.C., na área sagrada de Lumbini, nas planícies de Terai, sul do Nepal. O local é até hoje ponto de peregrinação budista. 

Brasileiros

Também nesta segunda-feira, a Unesco iniciou a reunião anual com seus Embaixadores da Boa Vontade. A sede da agência, em Paris, está recebendo as personalidades, que apresentam as atividades que realizaram em prol da Unesco no último ano.

A reunião também discute ações ligadas à preservação do patrimônio cultural em zonas de conflito e educação para o desenvolvimento sustentável.

Entre os embaixadores da Unesco, estão o tenor Plácido Domingo, o estilista Pierre Cardin, a soprano Montserrat Caballé e os brasileiros Oskar Metsavath (dono das lojas Osklen), Nizan Guanaes (publicitário), Vik Muniz (artista plástico) e Milú Villela (presidente do Itaú Cultural e do Museu de Arte Moderna de São Paulo).

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031