ONU lança Década de Energia Sustentável para Todos

Ouvir /

Secretário-geral cita acesso universal a serviços modernos e duplicação da quantidade de fontes renováveis no mundo; presidente do BNDES fala em dobrar os investimentos mundiais no setor, para US$ 800 bilhões.

Ban Ki-moon (centro) no Fórum Energia Sustentável para Todos. Foto: ONU/Mark Garten

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. 

As Nações Unidas lançaram esta quinta-feira a Década de Energia Sustentável para Todos, durante o primeiro fórum sobre o tema, que ocorre na sede da organização, em Nova York.

O secretário-geral ressaltou que a energia sustentável liga erradicação da pobreza, crescimento econômico e saúde do meio ambiente.

Índia e Brasil

Ban Ki-moon afirmou que mais de 80 países em desenvolvimento estão participando da iniciativa Energia Sustentável para Todos, lançada em 2011.

Ban disse que da "Índia ao Brasil, um número cada vez maior de pessoas têm acesso à eletricidade", em regiões onde antes não havia luz. O secretário-geral explicou que existem três metas a serem cumpridas até 2030.

A primeira é acesso universal a serviços modernos de energia; a segunda é dobrar o índice global de melhora da eficiência energética e a terceira é ter o dobro de energia renovável no mundo.

Mais Investimento

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, BNDES, está em Nova York participando do fórum e fez uma intervenção no evento liderado por Ban Ki-moon.

À Rádio ONU, Luciano Coutinho destacou que governos e setor privado estão comprometidos em duplicar o financiamento em energia sustentável.

"Esse é um esforço fundamental para poder evitar que o aquecimento leve a mudanças climáticas desastrosas para a humanidade. Financiar um aumento de US$ 400 bi para US$ 800 bilhões ao ano em investimento em energia sustentável. Dar um tratamento mais favorável em termos de tributo e em termos de regulação para as energias renováveis."

Energia Solar

O presidente do BNDES, Luciano Coutinho, destaca que o Brasil tem planos de investir mais em energias renováveis, em especial a solar.

"Já desenvolvemos nos últimos anos forte expansão da energia eólica. E agora temos que voltar a nossa atenção para acelerar a energia solar. O Brasil tem todas as condições de dar um grande exemplo como um país que tem energia renovável. Além disso, devemos dar um grande exemplo no uso eficiente da energia. Poupar e ter sistemas que não desperdicem energia."

Segundo o Programa da ONU para o Meio Ambiente, o Brasil continua sendo um dos países líderes em energia renovável, ao lado da China, dos Estados Unidos e do Canadá.

 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 8 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 8 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031