Missão da ONU fala de centro-africanos em movimento com granadas

Ouvir /

Minusca confirma que ataque desta segunda-feira não registou vítimas em Bangui; trânsito retoma na capital, na manhã marcada pela troca de tiros entre grupos armados que fez um ferido.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A Missão da ONU na República Centro-Africana, Misca, revelou esta segunda-feira, que várias pessoas andam com granadas nos bolsos e bolsas na capital, Bangui.

As declarações foram feitas pela porta-voz da operação de paz, Francis Che, momentos após um ataque de indivíduos não-identificados na área PK5,  onde estão concentrados milhares de muçulmanos na cidade.

Troca de Tiros

A representante disse que foram lançadas granadas na Ponte Jackson sem apontar a existência de vítimas. Ao declarar que as pessoas andam com granadas em bolsos e bolsas, apontou para uma troca de tiros nesta segunda-feira, entre dois grupos armados no início da manhã com um ferido que pensa ser muçulmano.

Na capital centro-africana, o tráfego foi retomado esta manhã após dias de paralisação na sequência de manifestações desde a semana passada. Nos protestos as principais estradas foram barricadas pela população.

Desarmamento

O motivo das manifestações foi a morte de pelo menos 12 pessoas, incluindo de um padre a 28 de maio, no ataque à Igreja Nossa Senhora de Fátima por homens armados. Cerca de 27 pessoas teriam sido sequestradas pelos atacantes.

A Misca diz que continua a apoiar atividades para desarmar a população como parte da iniciativa das autoridades com vista a desarmar as milícias.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031