Iraque: Ban preocupado com agravamento da segurança em Mossul

Ouvir /

Agências de notícias informaram que segunda maior cidade do país teria sido tomada por rebeldes; secretário-geral recorda que embargos ao Iraque devem ser respeitados.

Secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon. Foto: ONU/Mark Garten

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O secretário-geral das Nações Unidas disse estar seriamente preocupado com a grave deterioração da situação de segurança na cidade iraquiana de Mossul.

Em nota, publicada esta terça-feira, Ban Ki-moon realça que milhares de civis foram deslocados pela recente violência.

Milícias

Agências de notícias informaram que milhares de pessoas estão a deixar o segundo maior centro urbano do país. De acordo com os relatos das agências, o governo pediu ao parlamento que declare o estado de emergência após a tomada do controlo de Mossul por milícias islamitas.

Os relatos fazem menção a imagens não verificadas do alegado grupo atacante a circular pelas ruas da cidade enquanto incendiava veículos do governo.

Mortes

Na nota, Ban Ki-moon condena com veemência o que chama de ataques terroristas nas cidades de Anbar, Bagdad, Diyala, Níneve e Salah al-Din. O pronunciamento aponta para morte e ferimento de dezenas de civis nos últimos dias.

Ban lembrou aos Estados-membros da ONU a sua obrigação de implementar e fazer cumprir medidas do Conselho de Segurança ao Iraque, que incluem sanções financeiras, embargo de armas e proibições de viagem.

Unidade

Após endereçar condolências às famílias das vítimas e ao Governo do Iraque, o chefe da ONU apela aos líderes políticos que demonstrem unidade nacional contra as ameaças que pesam sobre o Iraque.

Para Ban, tais questões só podem ser resolvidas com base na Constituição e dentro do processo político democrático.

Segurança

As autoridades de Bagdad e ao Governo Regional Curdo foram instadas a cooperar para o restabelecimento da segurança na província de Ninewa e na distribuição de ajuda humanitária urgente.

Para o efeito, Ban anunciou a disponibilidade da Missão das Nações Unidas no Iraque, Unami.

O responsável disse estar profundamente preocupado com a situação em Anbar. Após saudar a convocação de uma conferência de reconciliação, encorajou aos líderes tribais, políticos e religiosos locais a participar de forma construtiva no fim aos combates.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031