Enviado especial da Unesco visita Sudão do Sul

Ouvir /

Ator Forest Whitaker viajará com diretora-geral da agência da ONU e com representante especial do secretário-geral para crianças e conflitos armados; objetivo é ganhar apoio para construção da paz através da educação, diversidade cultural e liberdade de expressão; país tem uma das maiores taxas de analfabetismo do mundo.

Forest Whitaker. Foto: ONU/Evan Schneider

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O ator e enviado especial da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco, Forest Whitaker, vai visitar o Sudão do Sul nesta segunda-feira para promover a paz.

Whitaker vai acompanhar por dois dias a diretora-geral da Unesco, Irina Bokova, e a representante especial do secretário-geral para Crianças e Conflitos Armados, Leila Zerrougui.

Apoio

O objetivo da viagem é ganhar apoio internacional para a construção da paz através da educação, da diversidade cultural e da liberdade de expressão. Outro ponto importante é o fortalecimento da proteção das crianças afetadas pelo conflito armado.

A Fundação "Iniciativa para Desenvolvimento e Paz", criada pelo ator, vai lançar o programa "Cinema para a Paz", que conta com o apoio da agência da ONU.

A ideia é transmitir filmes sobre paz, prevenção de conflitos e reconciliação, que serão seguidos de debates com a audiência.

Proteção

Bokova, Zerrougui e Whitaker vão se reunir com o presidente sul-sudanês, Salva Kiir, para discutir a proteção de crianças e como promover os direitos fundamentais da população.

Segundo eles, atenção especial deve ser dada aos direitos de crianças e jovens à educação e dignidade.

Analfabetismo

Para a Unesco, a proteção dos menores de idade e da educação são cruciais num país onde existe alto desemprego de jovens e a taxa de analfabetismo é uma das mais altas do mundo, 75%.

Zerrougui vai avaliar o impacto dos conflitos armados sobre as crianças, seguindo a implementação do plano de ação firmado pelo governo para pôr um fim ao recrutamento e ao uso de crianças soldados nas forças armadas.

A viagem marcará também o início da parceria entre Zerrougui e Whitaker na campanha "Crianças, Não Soldados", que tem como meta acabar com o recrutamento militar dos menores de idade por forças dos governos até 2016.

O Sudão do Sul é um dos países incluídos na iniciativa da Unesco.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031