Enviado da ONU condena atentado bombista no Líbano

Ouvir /

Explosão de carro armadilhado fez um morto e dezenas de feridos nesta sexta-feira; incidente é considerado o primeiro do género no país em meses; representante manifesta solidariedade para abordar o chamou de ameaça de terrorismo.

Derek Plumbly Foto: ONU/Paulo Filgueiras

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

O coordenador especial das Nações Unidas no Líbano, Derek Plumbly, condenou vigorosamente o atentado suicida ocorrido esta sexta-feira próximo de um posto de controlo policial no leste do país.

Agências noticiosas informaram que um carro armadilhado foi detonado  em  Dahr El-Baidar, causando a morte de um membro das forças de segurança e o ferimento de dezenas de pessoas.

Vale do Bekaa

A que é considerada primeira explosão do género no país em meses, teve lugar na via que dá acesso ao Vale do Bekaa entre Beirute e a capital síria, Damasco.

Em nota, o responsável manifestou condolências devido à morte e aos feridos que resultaram da explosão.

Medidas de Segurança

Plumbly disse ter mantido contacto com líderes das forças de segurança do país, aos quais confirmou ter tomado conhecimento do aumento das medidas de segurança em algumas partes do país.

Ele ressaltou a importância do trabalho do exército e das forças de segurança para "manter a calma que prevaleceu recentemente no Líbano."

Em nome da organização, Plumbly manifestou solidariedade com o povo do Líbano para fazer frente ao que chamou de "ameaça de terrorismo."

*Apresentação: Denise Costa.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031