Entrevista: José Fischel

Ouvir /

José Fischel. Foto: Arquivo pessoal

Nesta sexta-feira, 20 de junho, é comemorado o Dia Mundial do Refugiado.

De Paris, em entrevista à Rádio ONU, o consultor jurídico do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados, Acnur, José Fischel, falou dos desafios que a agência enfrenta para ajudar essas pessoas.

Fischel disse que, em primeiro lugar, é necessário identificar esses refugiados, quem são essas pessoas.

Ele deu como exemplo a Itália. Fischel explicou que, em 2013, 43 mil migrantes ilegais chegaram ao país e, desde o início deste ano até maio, as autoridades italianas registraram a entrada de 41 mil migrantes. Até dezembro, esse número deve aumentar muito mais, superando o total do ano passado.

O consultor do Acnur citou também as dificuldades que alguns países enfrentam, como Portugal, Espanha e França, além da Itália, de colocar à disposição os meios materiais necessários para que essas pessoas possam ser acolhidas. Ele disse que os pedidos de asilo aumentaram 80% na Europa.

No Brasil, Fischel disse que o país tem uma longa história de proteção a esse grupo. Nos últimos anos, houve um aumento do número de pedidos, que passou de 500 em 2010 para mais de 5,2 mil no ano passado.

Acompanhe a entrevista com Edgard Júnior

Duração: 16’31″

Compartilhe

Parte 1 Ouvir / Parte 2 Ouvir / Parte 3 Ouvir /
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031