Em Fórum, Ban pede contributo de jovens "como nunca antes"

Ouvir /

Evento iniciou sob o lema "Jovens 2015: Realizando o Futuro que Querem"; brasileiro destaca que nova agenda global deve abordar desigualdades, questões raciais e presença no espaço internacional.

Ban Ki-moon. Foto: ONU/Eskinder Debebe

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Fórum da Juventude do Conselho Económico e Social arrancou na ONU com a organização a pedir o envolvimento do grupo "como nunca antes", para contribuir para um mundo com metade de pessoas menores de 25 anos.

Na abertura do evento, esta segunda-feira, o secretário-geral afirmou que os jovens merecem sociedades democráticas fortes, que entendam as suas necessidades e ofereçam liberdades e oportunidades.

Trabalho

Ban Ki-moon destacou a garantia de uma educação de qualidade, da saúde básica e do trabalho decente entre os desafios enfrentados pelo grupo.

A Rádio ONU falou com o participante brasileiro Michel Chagas, do Instituto Cultural Steve Bicko, do estado da Bahia. Ele disse que os jovens carecem de uma presença mais forte no espaço internacional e devem lidar com barreiras como a língua e a reputação.

Racismo

"Que no estabelecimento de novas metas se trabalhe com a questão tanto das desigualdades como do combate ao racismo. São dois temas que ficaram de fora do estabelecimento das (atuais) Metas do Milénio. É preciso ter uma meta de redução das desigualdades, seja das áreas regional, de género, da questão da etnia e da raça. Precisa ter um indicativo forte de combate ao racismo, que são dois problemas seríssimos para todas as nações", destacou.

Ao ressaltar que as aspirações dos jovens vão muito além de empregos, o chefe da ONU disse que o grupo merece o que chamou de "verdadeira voz na definição das políticas que afetam as suas vidas."
Igualdade

Ban também apontou a "plena igualdade entre homens e mulheres e o fim da violência contra as mulheres e meninas" como desafios para os jovens.

Ele considerou importante definir uma agenda de Desenvolvimento Sustentável "que não deixe ninguém para trás". Cerca de 1 mil participantes estão na reunião com o lema "Jovens 2015: Realizando o futuro que eles querem".

Metas do Milénio

O evento ocorre quando se completam 500 dias para o cumprimento das Metas de Desenvolvimento do Milénio. Entre os progressos alcançados na agenda, Ban ressaltou o facto de terem sido retiradas mais pessoas da pobreza do que em qualquer outro momento da história.

Além da maior presença de jovens na escola, Ban disse haver mais mães a sobreviver dos partos e uma redução pela metade da probabilidade de uma criança vir a morrer antes dos cinco anos.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031