Com campanha, Nações Unidas querem reconhecimento dos marinheiros

Ouvir /

Em site especial e nas redes sociais, Organização Marítima Internacional pede que pessoas citem itens que receberam graças ao trabalho desses profissionais; Dia do Marinheiro é celebrado esta quarta-feira.

Dia do Marinheiro Foto: OMI

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. 

Água, café, chocolate, especiarias, celulares e até amigos: estes são alguns dos "itens" citados por pessoas do mundo todo que participam de uma campanha na internet da Organização Marítima Internacional, OMI.

Para celebrar o Dia do Marinheiro, nesta quarta-feira, 25 de junho, a agência da ONU criou um site especial, pedindo ao público que complete a frase "Marinheiros me trouxeram…".

Comércio Internacional

De Londres, a técnica da OMI, Sandra Allnutt, explicou à Rádio ONU que a campanha também está nas redes sociais e a intenção é homenagear os profissionais do mar.

"Muitas vezes a gente não para pra pensar no trabalho que eles fazem, nas condições, nos riscos que eles correm trabalhando. E são eles praticamente que nos trazem todas as mercadorias, tudo o que nós usamos, a comida que comemos, as roupas que vestimos, os carros que dirigimos. 90% da mercadoria mundial é transportada pelo mar."

Entre os riscos, Sandra Allnutt cita os casos de pirataria, um "problema muito sério" em algumas partes do mundo, como na costa africana. A especialista da OMI lembra ainda que o trabalho exige que os marinheiros passem muito tempo longe de suas famílias.

Segundo a agência da ONU, cerca de 1,5 milhão de pessoas trabalham em navios no mundo todo e a agência espera que o esforço dos marinheiros seja reconhecido com a campanha.

 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031