Brasileira e português vencem concurso de redação sobre cidadania

Ouvir /

Jovens universitários participam nesta sexta-feira de um fórum na ONU para discutir o papel do multilinguismo no mundo globalizado; mais de 4 mil pessoas participaram do concurso, que teve 60 vencedores.

Karim Ibrahim e Yasmin Mohammed. Foto: Rádio ONU

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. 

As Nações Unidas recebem esta sexta-feira 60 estudantes universitários de 26 países para discutir o papel do multilinguismo no mundo globalizado.

Os jovens venceram um concurso de redação organizado pelo Impacto Acadêmico das Nações Unidas e pela rede de escolas de inglês ELS. O texto sobre cidadania global deveria ser escrito em uma das seis línguas oficiais da ONU (árabe, chinês, inglês, francês, russo e espanhol).

Promoção do Ensino

O tema da redação era "Várias Línguas, Um Mundo" e 4 mil pessoas de 128 países enviaram propostas. Entre os 60 vencedores, está a brasileira Yasmin Mohammed, de 24 anos e estudante de mestrado em Relações Internacionais da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. A redação dela foi escrita em árabe.

"Meu interesse na língua árabe vem desde pequena. Como meus pais são imigrantes da Palestina, eu sempre tive um pouco do contato com a língua e desejo estudar cada vez mais. Eu acho que é uma língua estratégica hoje em dia para o Brasil, que é necessário o estudo, para poder manter relações mais políticas, culturais e econômicas com o Oriente Médio. Eu escrevi sobre cidadania global, desenvolvimento econômico e a importância do governo brasileiro implementar políticas públicas para promover o ensino de línguas estrangeiras no Brasil."

Paz e Cultura

A convite da ELS, os autores das melhores redações estão em Nova York participando do Fórum Global da Juventude. Outro vencedor é o jovem português Karim Ibrahim, de 21 anos e estudante de Negócios na universidade King's College de Londres.

À Rádio ONU, Ibrahim explicou que foi criado na França e também é fluente em inglês, mas optou por escrever o texto em espanhol.

"A língua reflete cultura, valores, ajuda a entender diferentes visões de mundo, diferentes interpretações. Isso é fundamental para ajudar na comunicação entre culturas e a compreender diferentes pessoas e então ajudar na negociação. Falei no aspecto mais social, dos benefícios do multilinguismo em ajudar na paz, na tolerância e como fomenta esses princípios, estes valores."

Nos últimos dias, os jovens criaram planos de ação baseados nos princípios das Nações Unidas e apresentam suas ideias esta sexta-feira na sede da organização.

O encontro marca também o início das comemorações de 70 anos da ONU, que foi estabelecida em 24 de outubro de 1945.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031