Após renúncia de rei da Espanha, Ban agradece cooperação dele com ONU

Ouvir /

Secretário-geral disse que Juan Carlos ajudou na criação da Aliança das Civilizações e nos esforços globais para atingir os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio; ele citou também o papel do monarca na transição democrática da Espanha.

Ban Ki-moon deve participar de Assembleia em Nairobi. Foto: ONU/Mark Garten

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, expressou gratidão ao rei Juan Carlos, da Espanha, pelo "empenho pessoal e contribuições valiosas ao trabalho das Nações Unidas."

A declaração foi feita pelo porta-voz de Ban, Stephane Dujarric, esta segunda-feira, em Nova York, horas depois da renúncia de Juan Carlos ao trono espanhol.

Príncipe Felipe

Dujarric citou especificamente os trabalhos do rei espanhol na Aliança das Civilizações e também nos esforços globais para atingir os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio.

Ban homenageou o monarca pelo serviço público em mais de 39 anos de reinado. O secretário-geral mencionou o papel importante de Juan Carlos na transição democrática da Espanha.

O chefe da ONU disse que espera continuar sua cooperação e a das Nações Unidas com o príncipe Felipe, primeiro na linha de sucessão ao trono, e que deve assumir no lugar do pai o posto de chefe de Estado da Espanha.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031