Angola abrigou feira de tecnologias ambientais

Ouvir /

Todos são responsáveis pela protecção dos recursos naturais de Angola, como declarou a ministra do Ambiente, Fátima Jardim.

Ministra do Ambiente de Angola, Fátima Jardim, em discurso na feira Ambiente Angola. Foto: Rádio ONU/Herculano Coroado

Herculano Coroado, de Luanda para a Rádio ONU.

Uma feira denominada Ambiente Angola expôs as diversas tecnologias ambientais. Discursando para expositores e convidados, a ministra angolana do ambiente disse que todos são responsáveis por transformar aquilo que viu como uma grande oportunidade que são as tecnologias ambientais.

Oportunidade

Para Fátima Jardim, o desafio é a sua diversificação em todos os sentidos e serve de oportunidade de também participar no desenvolvimento sustentável de Angola e na sustentabilidade global.

"Eu espero que com essa Feira possa ser assegurado que quem mais polui mais pague; que também quem produz água a qualifique, porque é um sector de prestação de serviços que tem um impacto directo nas nossas vidas." 

Organizada pelo governo angolano, o tema da feira é o reaproveitamento dos resíduos. Ricardo Andrade, engenheiro químico e civil , director técnico da empresa Limparla que produz equipamentos pre-fabricados para o tratamento de águas residuais e instalações de sistemas de tratamentos de água para consumo humano, presente na feira, comentou o desafio.

"Nós precisamos de tratar a águas residuais para manter esses recursos em condições de servir as gerações vindouras. Porque se as águas residuais não forem tratadas vão contaminar os aquíferos, nomeadamente as águas subterrâneas e também os rios."

Aposta

Enfrentando enormes desafios de saneamento, o Estado angolano vê-se na urgência, cada vez mais, de apostar na reciclagem dos resíduos sólidos e líquidos com o deixou entender a ministra Fátima Jardim.

"Eu acredito que a cooperação e colaboração para uma nova indústria da reciclagem será uma dos maiores desafios do país africano, sobretudo um indústria de reciclagem que resolva os problemas dos resíduos."

Realizado em parceria com a Feira Internacional de Luanda (FIL), o evento coincidiu com a celebração do mundial do ambiente declarada pela assembleia geral das Nações Unidas quinta feira passada. Dela participam, além de angola, dezenas de expositores de Alemanha, China, Espanha e Portugal.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031