Pnud diz que votação foi credível nas eleições gerais do Malawi

Ouvir /

Chefe da agência disse que informações preliminares de observadores internacionais serão divulgadas esta terça-feira; 12 candidatos concorrem às presidenciais no país da África Austral.

Abordar as preocupações eleitorais. Foto: Minusma.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A coordenadora residente das Nações Unidas no Malawi disse que o processo eleitoral no país foi "livre e credível", após a votação para as legislativas e presidenciais que decorreu este 20 de maio.

A também representante do Programa da ONU para o Desenvolvimento, Mia Seppo, disse que esta terça-feira serão divulgadas as informações preliminares das missões de observadores internacionais do pleito.

Medidas

Falando à Rádio ONU, da capital Lilongwe, a responsável confirmou a existência de desafios, tendo destacado que o processo foi credível. Como acrescentou, a comissão eleitoral está a tomar medidas para abordar as preocupações sobre as operações do dia da votação.

A atual presidente, Joyce Banda, está entre os 12 candidatos às presidenciais.

Participação Feminina

A entrevistada apontou progressos nas eleições este ano em comparação às anteriores tendo destacado a grande participação feminina.

Seppo também fez menção a incidentes de violência ocorridos no dia da eleição  e no início da campanha mas considerou que em grande parte o processo foi pacífico.

Entre as preocupações, apontou notas de observadores sobre questões como acesso a recursos e o tempo de antena dos candidatos políticos, sobre os quais frisou ter havido melhorias substanciais.

 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031