ONU escolhe Barbados para sede do Dia Mundial do Meio Ambiente

Ouvir /

Ilha caribenha é líder em energia solar segundo agência das Nações Unidas no setor; governo do país trabalha para reduzir 4,5 milhões de toneladas de carbono até 2029; ONU lança Desafio Climático Big Data.

Barbados. Foto: Pnuma

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. 

O Programa Mundial do Meio Ambiente, Pnuma, escolheu Barbados para ser a sede do Dia Mundial do Meio Ambiente este ano. As comemorações serão em 5 de junho.

Segundo o Pnuma, a ilha caribenha é líder em energia solar e tomou várias iniciativas para reduzir seu impacto ambiental e fornecer energia renovável à população de 270 mil pessoas.

Exemplo

O governo de Barbados tem um plano de aumentar as cotas de energia renovável para 29% de todo o consumo de eletricidade. Essa meta deve ser alcançada até 2029, e deve reduzir os custos energéticos em US$ 283 milhões, além de cortar 4,5 milhões de toneladas de emissões de gás carbônico.

Como sede do Dia Mundial do Meio Ambiente, Barbados irá apresentar essas iniciativas e servir de exemplo para outros países ilha em desenvolvimento.

O Pnuma destaca que paineis solares são utilizados em quase metade das residências de Barbados, com o objetivo de gerar água quente. Recentemente, o governo implementou ações para aumentar o uso de sistemas de energia solar.

Desafio Climático

Segundo a agência da ONU, mais de 100 países vão participar em 5 de junho da celebração do Dia Mundial do Meio Ambiente. Como em anos anteriores, a modelo Gisele Bundchen e outros embaixadores do Pnuma estão promovendo um desafio para a data e qualquer pessoa pode participar da ação.

Esta semana, as Nações Unidas lançaram o Desafio Climático Big Data, pedindo a participação de cientistas e cidadãos de todo o mundo. Os participantes devem enviar propostas que utilizam a Big Data e outras análises para comprovar os impactos de mudança climática no mundo.

O termo Big Data faz referência ao armazenamento em rápida velocidade de um grande volume de dados e de informações gerados todos os dias. Segundo sites de tecnologia da informação, o conceito vem ganhando cada vez mais espaço em empresas de diversas áreas.

O desafio lançado pela ONU também busca ajudar o público a entender melhor como o Big Data pode fornecer uma visão crítica sobre a mitigação das emissões de gases e reforço da resiliência

Os projetos vencedores serão apresentados em setembro, durante a Conferência do Clima, na sede da ONU em Nova York. As inscrições seguem até 1 de junho pelo site do desafio.

 

 

 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031