OMS diz que 2 adolescentes morrem por minuto no mundo

Ouvir /

Relatório da agência da ONU sobre a saúde dos jovens de 10 a 19 anos mostrou que as principais causas de morte são acidentes de trânsito, HIV/Aids e suicídio; depressão é a principal causa de doenças e invalidez.

Depressão é a principal causa de doenças entre os adolescentes. Foto: OMS/N. Neubauer

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

A Organização Mundial da Saúde alertou que 1,3 milhão de adolescentes morrem por ano em todo o mundo. Os dados da agência da ONU são de 2012.

Segundo o relatório da OMS divulgado esta quarta-feira sobre a saúde dos jovens entre 10 e 19 anos, as três principais causas de morte são: acidentes de trânsito, HIV/Aids e suicídio.

Falta de Atenção 

O documento cita também que a depressão é a causa número 1 de doenças e invalidez entre os adolescentes.

A médica da OMS, Flávia Bustreo, disse que o mundo não tem dado atenção suficiente à saúde dos adolescentes. Ela espera que o relatório sirva de "trampolim" para acelerar as ações sobre o assunto.

Entre os problemas que afetam os jovens estão o uso de produtos derivados do tabaco, álcool e drogas, assim como nutrição, saúde sexual e reprodutiva e violência.

Mortes

O documento disse que os ferimentos causados por acidentes de trânsito representam a maior causa de morte de adolescentes no mundo, principalmente entre os meninos, e a segunda maior causa de doenças e invalidez.

O HIV/Aids é a segunda maior causa de mortes. O aumento neste setor aconteceu principalmente na África.

A saúde mental também tem grande impacto. O suicídio é a terceira maior causa de morte. A depressão é a maior causa de doenças e invalidez nesse grupo.

Recomendações

Para tentar combater esses problemas, a OMS recomenda que os governos implementem leis para o controle de velocidade e consumo de bebidas alcoólicas.

A organização fala ainda da importância dos jovens receberem tratamento psicológico. Os especialistas dizem que os adolescentes começam a apresentar os primeiros sintomas aos 14 anos.

Se os jovens receberem a atenção médica que precisam, será possível evitar mortes e sofrimento por toda a vida.

Violência

Ainda na lista das principais causas de morte estão infecções respiratórias e violência. No caso das doenças, estão também anemia, dores nas costas e no pescoço.

O relatório explica que graças às campanhas globais de vacinação infantil, mortes e invalidez de adolescentes causadas por sarampo caíram 90% na África entre 2000 e 2012.

A falta de exercício físico é um problema no mundo inteiro. Segundo a OMS, menos de 25% dos adolescentes praticam algum esporte ou atividade. A organização recomenda pelo menos uma hora de exercícios diariamente para esses jovens.

Em alguns países, a taxa de adolescentes obesos é muito alta, passando dos 30%. Mas o relatório mostra pontos positivos como a redução de adolescentes fumantes tanto em países ricos como de baixa e média rendas.

Os especialistas alertam também sobre a importância de se criar a base para uma vida saudável quando esses adolescentes se tornarem adultos.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031