OMS anuncia vacinação de 140 mil sul-sudaneses contra a cólera

Ouvir /

Agência disse que residentes de acampamentos estão expostos ao maior risco devido à superlotação e a problemas de água e saneamento; instalações das Nações Unidas acolhem 86 mil deslocados internos.

Mulher recebe vacina contra a cólera no Sudão do Sul. Foto: OMS/A. Ngethi

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A Organização Mundial da Saúde, OMS, anunciou a vacinação de 140 mil sul-sudaneses na primeira campanha de imunização oral contra a cólera.

Pela primeira vez, o país utilizou um lote de 2 milhões de doses na cidade de Bor, no estado de Jonglei. Esta semana marca o fim da primeira ronda da campanha iniciada a 6 de maio nos acampamentos da ONU. A 20 de maio arranca a segunda etapa.

Acampamentos

Os beneficiários tomaram duas doses da vacina, administrada devido ao risco a que estão expostos os residentes dos acampamentos superlotados.

De acordo com a OMS, com a época chuvosa aumentou a propensão de contrair doenças como a diarreia, a cólera e outras nesses locais. O fenómeno é agravado pelas precárias instalações de água e saneamento.

Caso Suspeito

Até o momento, a agência disse não ter havido casos confirmados de cólera no país, que registou apenas um caso suspeito.

Cerca de 86 mil deslocados internos estão abrigados nas instalações das Nações Unidas em todo o país, após o início dos confrontos entre o governo e rebeldes em meados de dezembro passado.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031