Ilhas ganham destaque no Dia Internacional da Diversidade Biológica

Ouvir /

Mensagem de secretário-geral da ONU sobre a data indica que as ilhas abrigam meta dos recursos marinhos globais; 600 milhões de pessoas vivem nessas regiões.

Ilhas abrigam metade dos recursos marinhos globais. Foto: OMT

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, afirmou que as ilhas abrigam metade dos recursos marinhos globais. Ele disse que 600 milhões de pessoas vivem nessas regiões, aproximadamente 10% da população mundial.

A declaração de Ban foi feita para marcar o Dia Internacional da Diversidade Biológica, comemorado este 22 de maio. O tema deste ano é a biodiversidade nas ilhas.

Identidade Cultural

O chefe da ONU explicou que a biodiversidade faz parte da subsistência, da renda, do bem-estar e da identidade cultural dessas pessoas. O turismo e a pesca representam mais da metade do Produto Interno Bruto, PIB, dos Estados-ilhas em desenvolvimento.

Em setembro, o arquipélago de Samoa, na região do Pacífico, vai sediar a terceira Conferência Internacional dos Estados-ilhas em desenvolvimento. O evento terá como objetivo ajudar na preparação da nova agenda global de desenvolvimento sustentável pós-2015.

O documento, deve reconhecer a importância dessas áreas para o desenvolvimento sustentável.

Ban Ki-moon disse que os recifes de corais, sozinhos, geram US$ 375 milhões, o equivalente a R$ 900 milhões, em bens e serviços para os países-ilhas. Muitas espécies que existem nessas regiões não são encontradas em nenhuma outra parte do planeta.

Riscos 

Apesar disso, o chefe da ONU alerta que a biodiversidade das ilhas está se perdendo num ritmo sem precedentes. Segundo ele, as razões são o aumento do nível do mar causado pela mudança climática, a acidificação dos oceanos e a invasão de espécies estranhas à região.

Ele cita também a pesca excessiva, a poluição e projetos que não foram bem desenvolvidos. Como consequência, Ban declarou que várias espécies naturais correm risco de extinção e o bem-estar das pessoas e das economias também foi afetado.

O secretário-geral afirmou que no mundo inteiro estão surgindo novas parcerias para preservar os recursos marinhos e costeiros dessas ilhas, como também para aumentar a resistência à mudança climática e desenvolver as indústrias de turismo, pesca entre outras.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031