Etíope Hiroute Selassie é a nova chefe da estratégia da ONU para o Sahel

Ouvir /

Recém-nomeada substitui o ex-primeiro ministro italiano Romano Prodi como enviada especial do secretário-geral para a região africana; experiência inclui cargo de liderança na Missão da RD Congo.

Hiroute Selassie. Foto: ONU/Marie Frechon

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A etíope Hiroute Guebre Selassie foi nomeada enviada especial do secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, para o Sahel. As funções devem ser acumuladas com as de chefe do escritório local.

Em comunicado, o chefe da ONU destaca a experiência de Selassie na área estratégica, de gestão, além da liderança, do planeamento operacional e da formulação de políticas no domínio da paz e segurança em África.

Monusco

A nova representante dirigiu a Divisão de Assuntos Políticos. Nos últimos cinco anos, esteve em frente do Escritório Regional da Missão da ONU na República Democrática do Congo, Monusco, na cidade de Goma.

O enviado cessante e antigo primeiro-ministro italiano, Romano Prodi, completou a sua missão no cargo em finais de janeiro, refere a ONU.

Na nota, Ban agradece uma série de realizações, que inclui o desenvolvimento da Estratégia Integrada das Nações Unidas para o Sahel e a mobilização internacional de apoios para a região africana.

Conflitos

Antes de entrar para as Nações Unidas, Selassie integrou a ONG Oxfam como assessora sobre Conflitos na África Oriental e Central.

Entre 1998 e 2004 liderou o Comité Africano de Mulheres para a Paz e Desenvolvimento, fundado pela Comissão Económica da ONU para a África e a União Africana. O órgão consultivo aborda o envolvimento das mulheres em questões de paz e segurança.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031