Deslizamento de terra no Afeganistão mata 350 e ONU coordena ajuda

Ouvir /

Escritório de Ajuda Humanitária auxilia autoridades locais a resgatar pessoas que ainda estão soterradas; chuvas fortes no nordeste do país também prejudicaram residências e setor agrícola.

Chuva no Afeganistão (abril de 2012). Foto: Unama/Eric Kanalstein

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York.*

Deslizamentos de terra no Afeganistão mataram pelo menos 350 pessoas na manhã desta sexta-feira, na província de Badakhshan, nordeste do país. O Escritório da ONU para Coordenação de Assistência Humanitária, Ocha, já está auxiliando as autoridades locais no resgate das vítimas. 

Em Nova York, o porta-voz do secretário-geral, Stephane Dujarric, explicou que a resposta ao incidente inclui apoio aos sobreviventes que ficaram desalojados.

Chuvas

As agências de notícias falam que cerca de 2 mil pessoas podem estar desaparecidas ou soterradas. A maior parte das famílias estava em casa, por ser um dia de descanso no Afeganistão. Fortes chuvas causaram os deslizamentos.

O coordenador humanitário da ONU no país, Mark Bowden, declarou que as operações de resgate e de busca são a prioridade imediata e como é difícil acessar algumas áreas, pode levar um tempo até que se saiba a extensão exata dos danos.

Segundo Bowden, a ONU está focada em mobilizar mais recursos e pessoal para ajudar a salvar o maior número possível de vidas.

*Apresentação: Leda Letra.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 26 DE AGOSTO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 26 DE AGOSTO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

agosto 2014
S T Q Q S S D
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031