Brasil pede a Coreia do Norte que ratifique tratados de direitos humanos

Ouvir /

País asiático foi avaliado no Conselho de Direitos Humanos, em Genebra; no diálogo, Brasil considera situação alimentar dos norte-coreanos uma "grande preocupação".

So Se Pyong no Conselho de Direitos Humanos

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. 

O Conselho de Direitos Humanos da ONU realizou esta quinta-feira um debate interativo sobre a Coreia do Norte. O Brasil foi um dos países que participou da discussão em Genebra.

A representação brasileira recomendou ao país asiático que ratifique os tratados internacionais de direitos humanos, em especial a Convenção contra Tortura e a Convenção para Proteger Pessoas de Desaparecimentos Forçados.

Insegurança Alimentar

O Brasil considera ainda "muito preocupante" a situação alimentar na Coreia do Norte, citando a falta de comida; e a vulnerabilidade de crianças e de mulheres.

Mas a representação elogiou o governo norte-coreano por ter assinado a Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência e a decisão em reunir famílias que estavam separadas pelo conflito na Península Coreana.

Medidas

O governo de Pyongyang também fez declarações durante o debate no Conselho de Direitos Humanos. O embaixador So Se Pyong afirmou que as sanções contra o país atrapalham o desenvolvimento e ameaçam "o direito de existência dos norte-coreanos".

O representante garantiu que o país adotou, nos últimos anos, leis sobre proteção e promoção dos direitos humanos. Na terça-feira, o Conselho deve fazer uma avaliação final sobre a Coreia do Norte.

 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031