Síria já entregou mais de 65% de arsenal químico, diz missão conjunta

Ouvir /

Opaq diz que cronograma permitirá concluir operações dentro do prazo de 30 de junho; esta foi a 13ª. operação desde o início do acordo com a comunidade internacional para a eliminação das armas sírias.

Ahmet Üzümcü Foto: ONU/Evan Schneider

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York*

A missão conjunta da Organização para a Proibição de Armas Químicas, Opaq, e das Nações Unidas, anunciou esta segunda-feira que já foram retirados 65,1% do material de armas químicas da Síria.

Em nota, a entidade disse que o governo de Damasco concluiu a entrega da 13ª remessa ao porto sírio de Latakia numa operação em navios de cargas.

Obrigações

De acordo com o diretor-geral da Opac, Ahmet Üzümcü, a Síria reafirmou o compromisso com suas obrigações. Os componentes já removidos incluem 57,4% dos agentes químicos de prioridade um, considerados os mais perigosos.

Mas segundo ele, a frequência como o volume de entregas têm que aumentar para "recuperar o alinhamento das operações em relação ao prazo previsto".

O prazo para encerramento da saída de armas químicas da Síria é este 30 de junho. As operações começaram em meados de janeiro após um acordo firmado com a comunidade internacional e apoiado pela Rússia e pelos Estados Unidos.

*Apresentação: Mônica Villela Grayley.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 26 DE DEZEMBRO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 26 DE DEZEMBRO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2014
S T Q Q S S D
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031