ONU elogia aumento de oposição à aplicação da pena de morte

Ouvir /

Em sessão na Assembleia Geral, chefe da organização diz que 20% da humanidade vivem em países com índice considerável de violência; Ban quer que agenda pós-2015 enfrente causas do problema.

Assembleia Geral da ONU. Foto: ONU/Paulo Filgueiras

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

As Nações Unidas estão realizando um debate especial sobre sociedades estáveis e pacíficas. O encontro trata da questão da violência em todo o mundo e da aplicação da pena de morte, em vários países.

O porta-voz de Ban, Farhan Haq, disse que o secretário-geral Ban Ki-moon lembrou que 20% da humanidade vivem em nações que têm índices de violência significantes, com insegurança e conflito político.

Processo Jurídico

Além disso, ele citou que países com grandes taxas de violência registram índices de pobreza 20% maior que a média global.

Ban elogiou o crescimento da tendência contra a pena de morte. Mais de 160 países aboliram a medida ou não aplicam mais a sentença. Ele repudiou o fato de muitos países ainda executarem as pessoas sem considerar o processo jurídico adequado.

Para o secretário-geral o direito à vida é o mais fundamental de todos os direitos humanos.

O chefe da ONU disse que a violência e o homicídio são um fenômeno global.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 14 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 14 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031