Banco Mundial investe em saneamento básico na Faixa de Gaza

Ouvir /

Projeto tem como meta responder às ameaças de saúde e ambientais; iniciativa vai contar com a participação da União Europeia e do Banco Islâmico de Desenvolvimento, entre outros parceiros internacionais.

Faixa de Gaza. Foto: Irin/Ahmed Dalloul

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.*

O Banco Mundial anunciou que vai apoiar dois projetos de saneamento básico na Faixa de Gaza com o objetivo de responder às ameaças de saúde e ambientais na região.

O diretor do órgão para a Cisjordânia e Gaza, Steen Jorgensen, afirmou que vários bairros residenciais têm sofrido com enchentes de água de esgoto.

Danos

Ele disse que isso tem causado danos a propriedades, doenças e mortes. O projeto custará US$ 13 milhões, equivalentes a mais de R$ 29 milhões.

Segundo Jorgensen, a queima de lixo e o depósito ilegal de dejetos são práticas normais nas áreas urbanas e rurais dos territórios palestinos, o que causa poluição no solo, no ar e na água, além de ameaçar a saúde.

No último dia 31, o Banco Mundial aprovou um empréstimo de US$ 10 milhões para o programa de manejo de lixo sólido em Gaza. A nova instalação de tratamento do lixo será construída no sul da Faixa de Gaza e deverá atender à metade dos moradores das províncias do centro e do sul.

O Banco lembrou que a água tem altos níveis de contaminação por causa do vazamento do esgoto. O objetivo é tratar cerca de 15 mil metros cúbicos por dia.

*Apresentação: Mônica Villela Grayley.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 27 DE AGOSTO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 27 DE AGOSTO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

agosto 2014
S T Q Q S S D
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031