Unesco: tecnologia é sinal de avanço e de ameaça à liberdade de expressão

Ouvir /

Relatório da agência da ONU cita as novas oportunidades criadas para dar mais acesso a informações; ao mesmo tempo documento alerta que novas tecnologias também estão sendo usadas para controlar o conteúdo publicado na internet.

Foto: Unesco

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.*

A Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco, alertou que as novas tecnologias podem ser usadas para ampliar a liberdade de expressão e ao mesmo tempo para censurá-la.

O relatório "Tendências Mundiais da Liberdade de Expressão e do Desenvolvimento da Mídia" elogia as novas oportunidades criadas pelas novas tecnologias.

Poder

O documento diz que elas dão mais poder às pessoas para que tenham mais formas de acessar, produzir e compartilhar informações em diversas plataformas.

Da mesma maneira, a Unesco afirma que esse progresso tecnológico está sendo usado para controlar o conteúdo das informações publicadas na internet. Dessa forma, ameaça também a transparência no fluxo de informações e chama a atenção para a "privatização da censura".

Essencial

A diretora-geral da agência, Irina Bokova, afirmou que a liberdade de expressão é essencial para a dignidade, para o diálogo, para a democracia e para o desenvolvimento sustentável.

Bokova disse que o mundo precisa agir para fortalecer a estrutura legislativa dos países. Além disso, ela declarou que é importante apoiar a independência da imprensa promovendo padrões profissionais e auto-regulação.

O relatório mostrou ainda que jornalistas e blogueiros na internet enfrentam novas ameaças relacionadas à sua segurança no mundo digital.

*Apresentação: Leda Letra.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031