ONU recolhe depoimentos de refugiados eritreus na Europa

Ouvir /

Relatora especial de direitos humanos, Sheila Keetharuth passa pela Alemanha e Suíça a partir desta segunda-feira; especialista irá coletar informações em primeira-mão sobre os direitos humanos na Eritreia.

Sheila Keetharuth Foto: ONU/Amanda Voisard

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

A relatora especial das Nações Unidas sobre os Direitos Humanos na Eritreia começa a ouvir, esta segunda-feira, os relatos de migrantes e de refugiados do país africano na Europa.

Na Alemanha e na Suíça, Sheila B. Keetharuth deve recolher informações em primeira-mão sobre a situação dos direitos humanos. O seu mandato foi criado em novembro de 2012 e, desde então, pediu várias vezes para visitar o país, mas sem sucesso.

Vítimas

Por várias vezes, Keetharuth apelou às autoridades de governo a colaborar com seu trabalho, com vista a tratar dos desafios da Eritreia na área dos direitos humanos.

Pela falta de acesso, a relatora irá conversar com refugiados e migrantes fora do país, incluindo pessoas que se consideram vítimas de violações dos direitos humanos, defensores e integrantes da sociedade civil.

Conselho

Durante a missão, a decorrer até 28 de março, Keetharuth vai procurar saber mais sobre alegadas violações sistemáticas dos direitos humanos que diz ter recebido de "vários interlocutores".

A relatora da ONU já expressou agredecimentos à Alemanha e à Suíça por terem concordado em facilitar o acesso aos encontros com os refugiados e migrantes eritreus a viver nos dois países.

O resultado da missão será refletido num relatório da especialista a ser apresentado ao Conselho de Direitos Humanos em junho próximo.

*Apresentação: Eleutério Guevane.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 14 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 14 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031