OMS: 50% dos hospitais da República Centro-Africana foram saqueados

Ouvir /

Agência da ONU alertou para falta de suprimentos médicos e para funcionários do setor de saúde fora do serviço; doenças respiratórias e malária afetam a população deslocada.

Redes mosquiteiras para combater a malária. Foto: OMS

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

A Organização Mundial da Saúde, OMS, alertou que 50% dos hospitais da República Centro-Africana foram saqueados.

Em Genebra, o porta-voz da agência, Tarik Jasarevic, afirmou que há falta de remédios e outros suprimentos médicos além do facto de funcionários do setor de saúde não estarem a trabalhar.

Malária

Muitos deslocados pela violência no país estão a sofrer de doenças respiratórias e de malária.

Jasarevic afirmou ainda que a OMS está a distribuir redes mosquiteiras e medicamentos para combater os casos de malária. A organização também enviou equipamentos para a deteção rápida e diagnóstico da doença.

A OMS está a fazer um mapeamento da região para identificar os hospitais e centros de saúde abertos, além das suas prioridades.

Migrantes

Por outro lado, a Organização Internacional para Migrações, OIM, informou que um segundo comboio a transportar 661 migrantes chegou em Moundou, no Chade, nesta segunda-feira.

O especialista em emergência da agência para a África Central e Ocidental, Giovanni Cassani, afirmou que existem 15 mil muçulmanos e de outras minorias espalhados por vários vilarejos da República Centro-Africana.

Cassani disse que estes estão expostos ao risco constante e que tinham conseguido sobreviver até ao momento graças ao facto de se terem reunido em pequenos grupos.

Proteção Urgente

Segundo o especialista da OIM, o grupo precisa de ajuda humanitária e proteção urgentes.

Deviso ao conflito na República Centro-Africana, a agência da ONU já conseguiu repatriar mais de 1,5 mil pessoas que viviam na região e pretendiam voltar a seu país de origem.

A OIM está a ajudar milhares de migrantes a sair do país devido à violência, muitos dos quais estão agora nos Camarões a aguardar pelo transporte para seguir viagem.

*Apresentação: Eleutério Guevane.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031