No Conselho de Direitos Humanos, Brasil ressalta inclusão social

Ouvir /

Ministra Maria do Rosário discursou em Genebra esta quarta-feira; representante fala sobre modelo abrangente de efetivação dos direitos humanos e ligação da Copa do Mundo com "cultura de paz".

Maria do Rosário no Conselho de Direitos Humanos

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. 

O Conselho de Direitos Humanos realiza esta semana, em Genebra, seus debates de alto-nível e o Brasil foi um dos países que participou da sessão desta quarta-feira.

Ao discursar no encontro, a ministra da Secretaria de Direitos Humanos afirmou que nos últimos anos, o país tem promovido políticas de inclusão social e de igualdade de oportunidades.

Pobreza Extrema

Segundo Maria do Rosário, o combate à fome e à pobreza extrema levou o governo a ampliar sua abordagem de direitos humanos. 

"A mensagem brasileira é pela promoção de um modelo abrangente de efetivação dos direitos humanos. Seguindo este princípio, o Brasil conjuga esforços de desenvolvimento econômico e inclusão social, expandindo a responsabilidade do Estado com a proteção e defesa dos direitos humanos."

Protestos

Ao Conselho de Direitos Humanos, a ministra afirmou que nos últimos 10 anos, 36 milhões de brasileiros foram retirados da pobreza extrema. Maria do Rosário falou também sobre iniciativas de redução do desemprego, de acesso a moradias adequadas e à saúde, citando o programa Mais Médicos.

A ministra disse ainda que o governo brasileiro reconhece nas manifestações a "demanda legítima pela ampliação de direitos" e lembrou que a democracia é fortalecida quando a "voz das ruas" é ouvida.

Tolerância

Mária do Rosário destacou a importância da garantia da liberdade de expressão e de opinião e falou sobre a ligação da Copa do Mundo com os direitos humanos.

"Para reforçar a proteção desse direito, está em curso em nosso país a elaboração de medidas adicionais para garantir a proteção dos profissionais de comunicação no exercício das suas importantes atribuições. Estamos preparados para realizar a 'Copa das Copas'. Reconhecemos que o esporte e os direitos humanos compartilham princípios de convivência, tolerância, respeito, harmonia entre os povos e a valorização de uma cultura de paz."

Segundo a ministra Maria do Rosário, o Brasil também está implementando iniciativas para o combate ao racismo durante a Copa do Mundo e para a proteção dos direitos das crianças e dos adolescentes.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 19 DE JANEIRO DE 2018
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 19 DE JANEIRO DE 2018
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

janeiro 2018
S T Q Q S S D
« dez    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031