Entrevista: Divino Moura

Ouvir /

Divino Moura

A Organização Mundial de Meteorologia, OMM, afirmou que 2013 foi o sexto ano mais quente da história, uma demonstração de que o aquecimento global continua avançando.

No relatório anual sobre o "Estado do Clima", a organização disse que muitos dos chamados "eventos climáticos extremos" ocorridos no ano passado, foram causados pela ação do homem.

O vice-presidente da OMM, Divino Moura, afirmou em entrevista à Rádio ONU que o aumento da temperatura média da superfície do planeta tem sido gradativo.

Moura explicou que o que está por trás de todo esse aumento é a questão da fonte energética, principalmente os combustíveis fósseis. E o petróleo é o primeiro da lista.

Na sua opinião, a saída pode estar nas fontes de energia alternativas, mas numa proporção maior do que está sendo feito até agora, já que a população mundial está aumentando.

A ênfase que os países estão dando e devem acelerar, segundo Moura, é usar a energia solar ou a energia eólica. Mas ele cita que o problema é que quando não há vento, não há energia eólica.

No caso do Brasil, ele mencionou que 80% da energia vem do setor hidroelétrico. Com as temperaturas quentes , os rios secam e não há como gerar eletricidade suficiente para todos.

O vice-presidente da OMM afirmou que é uma questão complexa e que os países ainda estão discutindo uma solução.

Acompanhe a entrevista com Edgard Júnior

Duração: 8'08"

Compartilhe

Parte 1 Ouvir / Parte 2 Ouvir /
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031