Ban: "Síria teve pior uso de armas de destruição em massa no século 21"

Ouvir /

Em mensagem para assinalar os três anos do conflito, Secretário-Geral pede a revitalização de diálogo para fim do conflito.

Ban Ki-moon Foto: ONU/Paulo Filgueiras

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

O Secretário-Geral das Nações Unidas pediu, esta quarta-feira, que haja medidas claras para revitalizar o processo de Genebra, que procura soluções para a crise síria.

A mensagem, emitida pelo porta-voz de Ban Ki-moon, marca a passagem do terceiro ano dos confrontos entre forças do governo e grupos  da oposição.

Destruição em Massa

O pronunciamento destaca que, somente no ano passado, o conflito "teve o pior uso de armas de destruição em massa no século 21."

O apelo foi feito à região e à comunidade internacional, particularmente à Rússia e aos Estados Unidos como precursores da Conferência de Genebra.

Ban recorda que há três anos, os sírios iniciaram protestos pacíficos para exigir os seus direitos e liberdades universais. O responsável disse ainda que a resposta foi a força brutal, o escalar do derramamento de sangue e a devastação da guerra civil.

Lista de Horrores

A proposta do chefe da ONU é que todos possam refletir no que chama de lista de horrores que ocorrem diariamente no país. Além da perda ou destruição de centenas de milhares de vidas, Ban fala de centenas de mortes todos os dias.

As consequências enumeradas incluem cidades e aldeias reduzidas a escombros, extremistas a impor ideologias radicais, comunidades ameaçadas e atacadas.

Por outro lado, a mensagem destaca a fuga de milhões da violência e privação e o fluxo de armas ao país que inflamam os combates ao serem usados de forma indiscriminada.

Terrorismo

Ban relata ainda atos diários de terrorismo, os crimes graves que continuam impunes, milhares de pessoas presas sem processos e  a ameaça ao património cultural mundial.

O impacto da crise para a região também é referido no pronunciamento, que lembra que a Síria é agora a maior crises humanitária e de paz e segurança com a violência a atingir níveis impensáveis.

Perda do Foco

O apelo para a comunidade internacional é que não permita a perda do foco ou olhar em outra direção.

Ban alerta que os efeitos e ameaças do conflito poderiam crescer e se alastrar. A mensagem saúda os esforços recentes para melhorar o acesso humanitário, para que chegue aos carentes e reafirma que somente uma solução política pode acabar com que chama de "pesadelo do povo sírio."

Nas vésperas da publicação da nota, o Fundo da ONU para a Infância disse que  5,5 milhões de crianças foram afetadas pela guerra vivem no país ou nas nações vizinhas.

*Apresentação: Denise Costa.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031