Ban: Chegou a hora de acabar com desculpas para resolver crise na Síria

Ouvir /

Secretário-Geral da ONU fez a declaração na reunião da Assembleia Geral afirmando que centenas de milhares de vidas foram perdidas diante dos olhos do Conselho de Segurança e da própria Assembleia Geral.

Ban Ki-moon Foto: ONU

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, alertou que o processo político na Síria está em crise. Ele perguntou aos membros da Assembleia Geral quando o mundo vai parar com as desculpas e finalmente agir para acabar com a guerra no país árabe.

A declaração foi feita esta sexta-feira durante pronunciamento aos membros da Assembleia Geral.

Reuniões

Segundo Ban, não foi suficiente juntar as partes envolvidas na guerra numa mesma sala de reuniões. Ele afirmou que depois de duas conferências Genebras 1 e 2, nenhum dos dois lados demonstrou disposição para ceder e chegar a um acordo.

Ban pediu aos representantes do governo e da oposição que mostrem liderança, visão e flexibilidade para pôr um fim ao conflito. Ele quer também que Estados Unidos e Rússia adotem medidas claras para revitalizar o processo político.

Ban disse que todos aqueles que ainda buscam uma solução militar para a crise estão simplesmente fazendo com que uma solução política fique cada vez mais distante.

Irã

Sobre a viagem do enviado especial da ONU e da Liga Árabe, Lakhdar Brahimi ao Irã, o Secretário-Geral afirmou que os iranianos representam uma peça importante no processo de negociação com o governo sírio.

Ele disse que isso faz parte da consultas de Brahimi por vários países da região.

Apelo

Ban lembrou que há dois dias fez um apelo à comunidade internacional para que olhasse detalhadamente para os horrores cometidos na Síria.

Ele afirmou que diante dos olhos do Conselho de Segurança e da Assembleia Geral centenas de milhares de vidas foram perdidas no país, comunidades estão sendo ameaçadas e atacadas.

O Secretário-Geral disse que em meio ao caos na Síria, crimes graves continuam impunes e milhares permanecem presos sem um processo legal. Ban disse que não há justiça e não há paz.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031