Para Nações Unidas, retirada de civis da Cidade Velha de Homs é avanço

Ouvir /

Organização confirma que 83 pessoas saíram da cidade esta sexta-feira; idosos, mulheres e crianças foram escoltados pela ONU e pela Cruz Vermelha.

Civis em Damasco, capital síria

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. 

As Nações Unidas confirmam que 83 pessoas foram retiradas esta sexta-feira da Cidade Velha de Homs, na Síria. Os civis foram escoltados pelas Nações Unidas e por funcionários da Cruz Vermelha.

Em Nova York, o porta-voz do Secretário-Geral, Farhan Haq, afirmou que a operação foi um avanço e um "pequeno, mas importante passo que vai de acordo com a lei humanitária internacional". O porta-voz citava as palavras da coordenadora de Ajuda de Emergência da ONU, Valerie Amos.

72 Horas

Mas Amos lembra que muitos civis doentes e feridos continuam sitiados na Cidade Velha de Homs. O início da retirada dos moradores havia sido anunciado na quinta-feira, após um acordo entre governo sírio e oposição.

Os lados em conflito concordaram com uma "pausa humanitária" de três dias, para que a população sitiada consiga sair da cidade. A ONU já está preparada para fornecer assistência a essas pessoas.

Novo Encontro

Na segunda-feira começa em Genebra a segunda etapa das negociações de paz, que são mediadas pelo enviado especial da ONU e da Liga Árabe, Lakhdar Brahimi.

Novamente, as conversas vão contar com uma delegação do governo, liderada pelo ministro sírio das Relações Exteriores, Walid Muallem, e por uma delegação da oposição.

Na noite de quinta-feira, o Secretário-Geral Ban Ki-moon divulgou um comunicado, expressando sua preocupação com o aumento da violência armada na Síria e o uso de bombas em áreas povoadas.

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 23 DE JANEIRO DE 2018
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 23 DE JANEIRO DE 2018
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

janeiro 2018
S T Q Q S S D
« dez    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031