ONU: mortes e ferimentos de civis aumentaram 14% no Afeganistão em 2013

Ouvir /

Relatório da Missão das Nações Unidas no país, Unama, mostrou que quase 3 mil pessoas morreram por causa da violência; segundo documento, esse foi o pior ano desde 2009.

Mulheres e crianças são as maiores vítimas do conflito

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

A ONU alertou que houve um aumento de 14% do número de civis mortos e feridos no Afeganistão em 2013.

O dado consta do Relatório Anual sobre Proteção de Civis em Conflitos Armados, preparado pela Missão de Assistência das Nações Unidas no país asiático, Unama.

Talebãs

O representante especial do Secretário-Geral para o Afeganistão e chefe da Unama, Jan Kubis, afirmou que o conflito armado causou um dano muito grande aos afegãos no ano passado.

Kubis disse que a maioria das mortes de civis foi causada por ações de forças contra o governo, incluindo o grupo Talebã.

Segundo o documento, a violência no Afeganistão matou quase 3 mil civis e deixou mais de 5,5 mil feridos. O resultado representa uma alta de 7% das mortes e 17% dos ferimentos comparados com 2012.

Mulheres e Crianças

A Unama informou que os conflitos mataram mais de 14 mil pessoas no país nos últimos cinco anos.

O relatório detalha ainda que 34% das mortes foram causadas pelos chamados dispositivos explosivos improvisados.

O documento mostra que 2013 foi o pior ano para mulheres e crianças. No caso das mulheres, 235 foram mortas e 511 feridas, o que representa um aumento de 36% em relação ao ano anterior.

A situação entre as crianças não foi muito diferente. Houve uma alta de 34% no número de menores mortos e feridos.

A Unama lembrou que ataques indiscriminados ou direcionados contra civis são proibidos pela lei humanitária internacional, que deve ser seguida por todas as partes em conflito no Afeganistão, inclusive os talebãs.

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 23 DE JANEIRO DE 2018
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 23 DE JANEIRO DE 2018
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

janeiro 2018
S T Q Q S S D
« dez    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031