Nova análise da OMS mostra índices alarmantes de obesidade infantil

Ouvir /

Na Europa, 33% das crianças de 11 anos estão acima do peso, grande parte em Portugal; agência da ONU lembra que cultura do consumo de alimentos ricos em gorduras, sal e açúcar é fatal.

Na Europa, 33% das crianças de 11 anos estão acima do peso. Foto: Banco Mundial

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, estar acima do peso é tão comum atualmente que existe o risco da condição virar norma no continente europeu.

Um novo estudo da agência mostra que na Europa, 33% das crianças com 11 anos de idade estão obesas e o índice é de 27% para adolescentes de 13 anos.

Dieta

A OMS lembra que a falta de atividade física e a cultura do consumo de alimentos ricos em gorduras, sal e açúcar é uma combinação fatal.

A análise avaliou 53 países europeus, sendo que a Grécia é a nação com mais meninos e meninas de 11 anos acima do peso. Na sequência vem Portugal: 32% das crianças dessa idade estão obesas.

Em 23 países, mais de 30% dos adolescentes não pratica atividade física suficiente. Para mulheres adultas, o índice da falta de exercício chega a ser de 76% entre as sérvias.

Medidas

A OMS volta a ressaltar a importância da promoção de atividades físicas e da escolha de alimentos saudáveis em todos os ambientes: escolas, hospitais, cidades e locais de trabalho.

A agência cita a França e a Escandinávia como países que já estão tomando medidas nessa direção, como a promoção do consumo de frutas e vegetais nas escolas e impostos para reduzir a compra de alguns produtos.

Segundo a OMS, a falta de exercícios é o quarto fator para mortes no mundo, sendo que 3,2 milhões morrem por ano pela falta de atividade física.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 19 DE JANEIRO DE 2018
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 19 DE JANEIRO DE 2018
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

janeiro 2018
S T Q Q S S D
« dez    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031