Inflação de alimentos na América Latina foi de 10% no ano passado

Ouvir /

Agência da ONU divulga balanço anual sobre produção alimentar na região; no Brasil, variação da inflação foi de 8,5%, mas o país produziu mais de 100 milhões de toneladas de cereais em 2013.

Arroz entre os principais grãos produzidos. Foto: FAO

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. 

A Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO, divulgou o balanço 2013 sobre o preço dos alimentos e a produção na América Latina e no Caribe.

A região encerrou o último ano com alta da inflação alimentar, que teve variação de 10,2%, um pouco a mais do que o registrado em 2012, que chegou a 8,9%.

Brasil

Segundo a FAO, a maior inflação reduziu o acesso aos alimentos e isso refletiu no aumento do número de pobres extremos na região. São 68 milhões de indigentes e 164 milhões de pessoas vivendo na pobreza.

No Brasil, a inflação de alimentos teve variação de 8,5%. A FAO destaca o importante desempenho do país na produção de cereais, sendo o maior produtor da região.

Em 2013, foram produzidas no Brasil mais de 100 milhões de toneladas de cereais, incluindo trigo, grãos e arroz. O país conseguiu aumentar em 11% a produção no setor.

O bom desempenho da produção de cereais na América Latina contribuiu para a disponibilidade de alimentos na região. Além disso, a FAO observa que os preços estão mais altos do que em 2012, mas os países não tiveram grandes mudanças inflacionárias.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 19 DE JANEIRO DE 2018
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 19 DE JANEIRO DE 2018
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

janeiro 2018
S T Q Q S S D
« dez    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031