Entrevista: Armindo Ngunga

Ouvir /

Moçambicanos aprendem português. Foto: Unesco

O pesquisador do Centro de Estudos Africanos na Universidade Eduardo Mondlane, de Moçambique, fala da relação entre a língua materna e a identidade dos cidadãos.

Em relação ao seu país, Armindo Ngunga defende que os idiomas locais são um contributo para uma maior abertura ao mundo.

As declarações à Rádio ONU, de Maputo, foram feitas no âmbito da celebração do 21 de fevereiro, o Dia Internacional da Língua Materna.

Para o caso moçambicano, onde várias pessoas não têm o português como língua materna, o académico revelou a importância das línguas locais em tribunais, hospitais e áreas de conhecimento.

Acompanhe a entrevista a Ouri Pota.

Tempo Total: 4'45"

Compartilhe

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 29 DE ABRIL DE 2016
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 29 DE ABRIL DE 2016
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

maio 2016
S T Q Q S S D
« abr    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031