Brahimi considera operação em Homs um "sucesso"

Ouvir /

Mais de mil civis já foram retirados da cidade velha, em uma ação "muito arriscada", segundo o enviado da ONU e da Liga Árabe; após reunir-se com governo e oposição da Síria, Lakhdar Brahimi lamenta falta de progresso nas negociações.

Lakhdar Brahimi. Foto: ONU/Eskinder Debebe

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

Após ter um novo encontro em Genebra nesta terça-feira com o governo da Síria e a delegação da oposição, o enviado especial da ONU e da Liga Árabe reforçou que precisa da cooperação dos dois lados em conflito.

Lakhdar Brahimi lamentou que as partes não estejam fazendo muitos progressos em Genebra, mas ressaltou ter "muita paciência" para mediar os diálogos.

Três Anos

O enviado disse que os representantes do governo e da oposição precisam mostrar compromisso para pôr um fim aos "três anos de pesadelo" enfrentados pela população síria.

Com o apoio da ONU, agências humanitárias conseguiram retirar da cidade velha de Homs mais de 1,1 mil civis, uma operação considerada "um sucesso" para Lakhdar Brahimi.

Riscos

O enviado lembrou que foram "seis longos meses" de preparação para a saída das famílias de Homs e a entrega de comida para a população sitiada.

Segundo Brahimi, a operação foi "extremamente arriscada", por isso ele ressaltou o trabalho dos funcionários da ONU, do Crescente Vermelho Sírio e de voluntários, que ajudaram os sírios.

As negociações de paz continuam pelos próximos dias, na conferência conhecida como Genebra 2. Na sexta-feira, Brahimi tem uma reunião com representantes da Rússia e dos Estados Unidos.

O enviado anunciou ainda que deve vir a Nova York nas próximas semanas, para relatar ao Secretário-Geral e ao Conselho de Segurança um balanço das discussões sobre a Síria.

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 19 DE JANEIRO DE 2018
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 19 DE JANEIRO DE 2018
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

janeiro 2018
S T Q Q S S D
« dez    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031