FAO, Brasil e Angola firmam acordo de cooperação

Ouvir /

Os três lados vão trabalhar juntos para fortalecer a segurança alimentar no país africano; objetivo do projeto de US$ 2,2 milhões é impulsionar a pesquisa agrícola e veterinária angolana.

Embrapa vai prestar assistência técnica e treinamento aos pesquisadores angolanos. Foto: FAO

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

A Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO, o Brasil e Angola firmaram acordo de cooperação Sul-Sul para fortalecer a segurança alimentar no país africano.

Pelo projeto de US$ 2,2 milhões, mais de R$ 5,2 milhões, o objetivo é impulsionar a pesquisa agrícola e veterinária angolana.

Assistência

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Embrapa vai prestar assistência técnica e treinamento aos pesquisadores angolanos.

Serão 105 especialistas angolanos no total, 60 do Instituto de Pesquisa Agrícola e 45 do Instituto de Pesquisa Veterinária.

A Embrapa teve uma participação chave no sucesso do programa brasileiro para reduzir a fome no país.

Cerimônia

Na cerimônia de assinatura do acordo, o diretor-geral assistente da FAO, Laurent Thomas, disse que o Brasil tem muito a oferecer em termos de "know-how" técnico e o documento é um marco na cooperação sul-sul entre os dois países.

Thomas acredita que este é o modelo que deverá ser seguido por outros países da região. Liderado pela agência da ONU, o projeto, que será financiado por Angola e Brasil, vai formular uma estratégia nacional para inovação no setor agrícola.

O representante angolano na FAO, Florêncio Mariano da Conceição e Almeida, disse que o projeto vai contribuir para os esforços de segurança alimentar e redução da pobreza.

O representante do Brasil, Antonino Marques Porto e Santos, citou uma mensagem enviada pelo ex-presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva ao presidente angolano, José Eduardo dos Santos.

Lula disse que "o Brasil gostaria de ajudar Angola a diversificar e aplicar o imenso potencial econômico e agrícola do país, assim como a soberania alimentar."

A iniciativa de cooperação Sul-Sul da FAO teve início em 1996. Desde então, quase 50 acordos foram firmados e mais de 1,8 mil especialistas foram enviados para ajudar em projetos de segurança alimentar em mais de 50 países em desenvolvimento.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 17 DE SETEMBRO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 17 DE SETEMBRO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

setembro 2014
S T Q Q S S D
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930