Produção mundial de cereais deve ser 8,4% maior do que em 2012

Ouvir /

Segundo a FAO, ano deve encerrar com 2,5 milhões de toneladas, um novo pico desde 2011; mas agência lembra que as condições de segurança alimentar pioram na África.

Aumento na produção de cereais. Foto: FAO

Leda Letra, Rádio ONU em Nova York.

A produção mundial de cereais deve fechar o ano com um novo pico de 2,5 milhões de toneladas, segundo estimativas da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO.

O total é 8,4% maior do que a produção do ano passado e 6% maior que o recorde de 2011.

Milho e Arroz

A estimativa reflete os ajustes da produção de milho nos Estados Unidos, na Rússia e na Ucrânia. Neste ano, houve aumento de 7,8% na produção de trigo, 1% na produção de arroz e 12% de outros grãos.

Apesar do aumento da produção de cereais, a FAO alerta para a piora da segurança alimentar em várias partes da África.

Em países como Chade, Mali, Mauritânia, Níger e Senegal, plantações e pastos foram afetados pelo início tardio da temporada de chuvas, que também terminou mais cedo este ano.

Preços

Na República Centro Africana, 1,3 milhões de pessoas precisam urgente de ajuda alimentar. No sul da África, o preço dos cereais está em nível recorde em vários países.

A situação alimentar também é precária nas Filipinas, afetada pelo tufão Haiyan, e na Síria e no Iêmen, onde os conflitos atingem milhões de pessoas que precisam de comida com urgência.

A FAO também divulgou o Índice de Preço dos Alimentos, que ficou estável em novembro, com 206.3 pontos. Um leve declínio no preço do açúcar no mês passado equilibrou o aumento dos óleos e gorduras vegetais.

A agência comemora nesta quinta-feira o Dia Mundial do Solo.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 28 DE JULHO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 28 DE JULHO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

julho 2014
S T Q Q S S D
« jun    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031