Execução de norte-coreano é motivo de preocupação para Nações Unidas

Ouvir /

Ao responder pergunta de jornalista, porta-voz do Alto Comissariado de Direitos Humanos disse que qualquer que tenha sido a acusação, Chang Song-Thaek tinha direito a julgamento justo; ONU é contra pena de morte.

Ravina Shamdasani. Foto: ONU

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

As Nações Unidas reagiram à execução do norte-coreano Chang Song-Thaek, anunciada nesta quinta-feira.

Chang era tio do líder da Coreia do Norte Kim Jong-Un. Segundo agências de notícias, ele foi executado após ser julgado num tribunal militar por "atos de traição".

Reação

Ao ser perguntada sobre a reação à execução do norte-coreano, a porta-voz do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos disse que a notícia causa preocupação.

Ravina Shamdasani disse que qualquer que tenha sido a acusação contra Chang Song-thaek, a ONU se opõe à pena de morte e defende a necessidade da realização de julgamentos justos.

Segundo ela, o Alto Comissariado acompanhou a notícia sobre a aparente execução e a prisão do norte-coreano com apreensão.

Ainda de acordo com agências de notícias, o norte-coreano estaria atuando como mentor do sobrinho desde 2011 quando começou o período de transição política do pai King Jong-il para o filho King Jong-un.

Ele era casado com a irmã do ex-líder norte-coreano e ocupou vários postos de confiança no partido governista incluindo a chefia do principal órgão militar da Coreia do Norte.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 21 DE OUTUBRO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 21 DE OUTUBRO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

outubro 2014
S T Q Q S S D
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031