Ban pede mais doações para ajuda humanitária

Ouvir /

Secretário-Geral fez apelo a governos, fundações e setor privado que contribuam com mais generosidade para o Fundo Central de Resposta de Emergência; objetivo é atender rapidamente as pessoas mais necessitadas.

Ban Ki-moon

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, pediu esta sexta-feira mais doações de governos, de fundações e do setor privado para ajuda humanitária.

Ban disse que o dinheiro será utilizado pelo Fundo Central de Resposta de Emergência, Cerf, pela sigla em inglês, para facilitar e agilizar a entrega de suprimentos humanitários vitais para os que mais precisam.

Apoio

Na conferência de alto nível sobre o Fundo, o chefe da ONU afirmou que as pessoas mais vulneráveis precisam do apoio do grupo.

O Cerf foi criado pela Assembleia Geral em 2006 e, desde então, se tornou a maior e mais confiável fonte de verba para ações humanitárias. Nesses últimos sete anos, o Fundo já liberou mais de US$ 3,2 bilhões, mais de R$ 7 bilhões, para emergências em 88 países.

Ban declarou que somente em 2013, o Cerf financiou operações humanitárias na Síria, no Mali e nas Filipinas. Outros países que receberam a ajuda foram Haiti, Sudão, Somália, República Centro-Africana, Mianmar e Iêmen.

Segundo o Escritório das Nações Unidas de Assistência Humanitária, Ocha, que controla o Fundo, mais de US$ 473 milhões foram liberados neste ano para atender milhões de pessoas atingidas por desastres naturais e outras crises em 45 países.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 24 DE OUTUBRO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 24 DE OUTUBRO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

outubro 2014
S T Q Q S S D
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031