Países em desenvolvimento perdem até US$ 40 bilhões com corrupção

Ouvir /

Estimativa é do Banco Mundial; esta semana, no Panamá, ocorre a maior reunião internacional sobre a luta contra a corrupção, organizada pelo Escritório da ONU sobre Drogas e Crime, Unodc.

Até US$ 40 bilhões são perdidos todos os anos com a corrupção. Foto: Unodc

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O Panamá está abrigando a Conferência sobre a Convenção da ONU contra Corrupção. O encontro, que começou na segunda-feira, reúne delegações de todo o mundo.

Segundo o Banco Mundial, os países em desenvolvimento perdem, todos os anos, até US$ 40 bilhões, equivalentes a mais de R$ 90 bilhões, com este tipo de crime.

Mulheres, Crianças e Homens

A conferência no Panamá é considerada o maior encontro do mundo sobre combate à corrupção. O chefe do Unodc, Yury Fedotov, afirmou que a "corrupção rouba o desenvolvimento sócio-econômico e também as oportunidades de cidadãos comuns de progredir e melhorar."

Fedotov lembrou que sem a corrupção e o suborno, milhões de mulheres, crianças e homens não seriam traficados como escravos, e milhares de pequenas armas não conseguiriam chegar a seus destinos assim como toneladas de drogas ilícitas."

Ao ser perguntado sobre o tema, o ministro do Desenvolvimento Agrícola do Brasil, Pepe Vargas, falou à Rádio ONU sobre o combate à corrupção no país.

Impunidade

"Eu diria que se constituiu no Brasil, nos últimos anos, uma institucionalidade que facilita o combate à corrupção. Mas, infelizmente, apesar de tudo isso, as pessoas que são desonestas, as pessoas que querem se aproveitar daquilo que é de todos e não só delas, existem. E parto do princípio que existirão sempre. O importante é a gente ter mecanismos que efetivamente permitam combater a corrupção e combater acima de tudo a impunidade."

A Conferência sobre a Convenção da ONU contra a Corrupção é o único instrumento jurídico universal contra este tipo de crime. O documento tem 168 Estados participantes. Nos últimos quatro anos, foram treinados mais de 1,4 mil especialistas contra corrupção que levaram assistência a 35 países promovendo emendas à constituição.

A reunião internacional no Panamá deve durar cinco dias e conta com mais de 1,5 mil participantes.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 02 DE SETEMBRO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 02 DE SETEMBRO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

setembro 2014
S T Q Q S S D
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930