OMS alerta que surto de poliomielite chegou a Damasco

Ouvir /

Agência da ONU informou que 17 casos do tipo 1 da pólio foram confirmados na Síria; sete países da região iniciaram campanha de vacinação em massa para proteger 22 milhões de crianças menores de cinco anos.

Campanha de vacinação na Síria pretende proteger 22 milhões de crianças. Foto: Acnur/G. Beals

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

A Organização Mundial da Saúde alertou que um total de 17 casos de poliomielite tipo 1 foram confirmados na Síria.

Segundo a OMS, além dos 15 casos registrados na província de Deir Al Zour, dois outros foram também detectados agora na capital, Damasco e em Allepo.

Plano de Vacinação

As autoridades disseram que um plano de vacinação foi implementado por toda a região. Sete países e territórios esperam inocular 22 milhões de crianças menores de cinco anos.

Num comunicado conjunto, todas as nações da OMS na região oriental do Mediterrâneo disseram que a erradicação da polio é uma emergência.

Além disso, o Fundo da ONU para a Infância, Unicef, e a Organização Mundial da Saúde vão trabalhar com as organizações humanitárias para garantir que todas as crianças sírias sejam vacinadas onde quer que elas vivam.

Resposta

A resposta contra o surto de pólio deve continuar por seis ou oito meses dependendo da área e do trabalho dos especialistas.

Segundo a OMS, dada a situação atual na Síria, com movimentos frequentes da população e problemas de imunização, é muito grande o risco do vírus selvagem da pólio se espalhar por toda a região.

As autoridades já emitiram um alerta de monitoramento para que toda a área continue em busca de novos casos e dê continuidade ao processo de imunização.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 19 DE SETEMBRO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 19 DE SETEMBRO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

setembro 2014
S T Q Q S S D
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930