Parlamento europeu aprova adoção de carregador universal para celulares

Ouvir /

Agência da ONU pede que medida, ao ser revisada, mencione recomendação sobre o tema feita em 2011 e que propõe também economia de energia elétrica e redução do lixo eletrônico.

Modelo universal beneficiaria meio ambiente

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

 O Parlamento Europeu aprovou a adoção de um modelo universal de carregadores de telefones celulares. Pela medida, os fabricantes serão obrigados a fornecer os aparelhos adaptados.

A União Internacional de Telecomunicações, UIT, elogiou a decisão e pediu à instituição europeia que, ao revisar a emenda, mencione uma de suas normas mundiais sobre o uso de carregadores universais.

Reciclagem

Pela recomendação da UIT, apresentada em 2011, os fabricantes poderão reduzir os custos de produção por unidade como também as matérias primas usadas para compor os aparelhos.

Além disso, segundo a agência da ONU, haverá também economia de energia elétrica. Os celulares poderão durar mais, em média 10 anos, além de poluírem menos o meio ambiente por causa da facilidade na reciclagem.

A decisão do Parlamento Europeu de adotar o carregador universal foi tomada com base num memorando de entendimento entre a União Europeia e 14 grandes fabricantes de celulares. O documento foi firmado em 2009.

Setor Privado

Com a revisão da emenda, este ano, a UIT aproveitou a oportunidade para pedir aos deputados europeus que considerem as recomendações da agência, que foram aprovadas pelos 193 países que integram a UIT além de 700 empresas do setor privado.

O carregador universal proposto pela agência da ONU é adaptável a grande maioria dos telefones móveis das gerações 2G a 4G. O mesmo modelo funciona para leitores de MP3 e MP4, tabletes, câmeras e GPS entre outros.

De acordo com a UIT, pesquisas de mercado indicam que quase 70% dos usuários têm um carregador. Mas a ideia de um modelo universal estaria ganhando força entre os consumidores.

Lixo Eletrônico 

A operadora britânica O2 realizou um estudo em que 82% dos clientes afirmaram que comprariam um aparelho sem carregador.

A agência informou que em todo o mundo, os consumidores jogam no lixo cerca de 82 mil toneladas de adaptadores.

Segundo a UIT, a utilização obrigatória de um modelo universal beneficiaria especialmente os países em desenvolvimento, que são, em grande parte, os que mais têm que lidar com o problema do lixo eletrônico.

 

 

 

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 31 DE JULHO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 31 DE JULHO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

agosto 2014
S T Q Q S S D
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031