Missão da ONU-Opaq inspecionou 3 instalações de armas químicas na Síria

Ouvir /

Organizações disseram que os especialistas alcançaram um bom progresso nos 10 primeiros dias de operações no país; um segundo grupo já chegou a Damasco elevando para 60 o número de analistas da equipe.

Arma química.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

A ONU e a Organização para a Proibição de Armas Químicas, Opaq, informaram esta sexta-feira, que a missão conjunta já conseguiu inspecionar três instalações de armas químicas da Síria.

Em comunicado, as duas organizações disseram que a equipe de especialistas alcançou um bom progresso nos 10 primeiros dias de operações no país.

Verificação

Segundo o documento, eles avançaram também na verificação das informações fornecidas pelo governo sírio sobre seu programa de armas químicas.

A missão está preparando agora mais visitas a instalações que fabricam o armamento.

Reforço

Um segundo grupo de especialistas da Opaq e da ONU chegou a Damasco, capital da Síria, para ajudar nos trabalhos de verificação e supervisão da destruição das armas químicas.

Com a chegada desse grupo, agora a missão tem 60 técnicos em operação no país.

A equipe está, neste momento, no processo de avaliação de mais informações sobre o programa de armas enviadas pelo governo sírio.

Ao mesmo tempo, os especialistas estão supervisionando a destruição de algumas armas do arsenal da Síria, bem como, equipamentos usados para a fabricação do armamento.

Missão

Ainda nesta sexta-feira, o Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, agradeceu ao Conselho de Segurança por ter agido rapidamente para responder ao seu pedido para a criação da missão conjunta ONU-Opaq.

Na mensagem de video, Ban disse que este é um sinal do compromisso da comunidade internacional para eliminar as armas nucleares.

Ele explicou que o prazo é bem apertado, mas a ONU está comprometida a trabalhar de perto com a Opaq para realizar o trabalho.

Ban disse ainda que também está determinado a avançar com as ações políticas e humanitárias para o bem do povo sírio.

O objetivo da missão conjunta é desativar e inspecionar a destruição de todas as instalações de produção e os equipamentos usados para fabricar os armamentos até 1º de novembro.

A equipe espera que todas as armas químicas sírias estejam eliminadas até o fim do primeiro semestre de 2014.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 17 DE ABRIL DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 17 DE ABRIL DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

abril 2014
S T Q Q S S D
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930