Feltman: "Diplomacia para resolver situação no Oriente Médio"

Ouvir /

Subsecretário-geral da ONU quer que israelenses e palestinos aproveitem oportunidade para finalizar Processo de Paz; negociações já duram mais de 20 anos.

Jeffrey Feltman pronuncia-se ao Conselho de Segurança sobre a situação no Oriente Médio. Foto: ONU/Paulo Filgueiras

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O subsecretário-geral da ONU para Assuntos Políticos, Jeffrey Feltman, disse que todos devem aproveitar o esforço diplomático atual para finalizar o acordo de paz do Oriente Médio.

A declaração foi feita esta terça-feira, em pronunciamento ao Conselho de Segurança sobre a situação na região. Feltman falou ainda sobre a violência na Síria e os efeitos nos países vizinhos.

Abertura

Segundo o representante da ONU, as autoridades envolvidas nas negociações devem aproveitar a abertura que existe neste momento para finalizar o processo. Pela primeira vez em 17 meses, os integrantes do Quarteto se reuniram em setembro, em Nova York.

Feltman afirmou que isso irá beneficiar israelenses e palestinos e toda a região. Ele explicou que depois de 20 anos de conversas e muitos acontecimentos negativos, não há necessidade de negociações longas.

O subsecretário-geral declarou que são necessárias decisões. Segundo ele, a ONU, através do Quarteto, que inclui também os Estados Unidos, a Rússia e a União Europeia, está pronta para contribuir com a criação de dois Estados, vivendo lado a lado em paz e segurança.

Oportunidade

Feltman deixou claro que apesar da dificuldade do contexto regional e dos desafios entre os dois lados, esta é uma oportunidade que israelenses e palestinos não podem perder.

Mas o subsecretário-geral alertou que apesar do avanço há preocupação com os acontecimentos na região, que não podem ser ignorados.

Ele citou que palestinos mataram dois soldados israelenses no mês passado e feriram outros sete. As forças de segurança israelenses realizaram 334 operações. Foram presos 311 palestinos e 290 ficaram feridos, incluindo 114 crianças e duas mulheres.

Feltman pediu aos dois lados que evitem a violência para preservar a possibilidade de uma abertura do processo político.

Síria

Sobre a Síria, o subsecretário-geral falou sobre o impacto que a crise tem gerado nos países vizinhos.

Segundo ele, a tragédia síria continua testando o poder de decisão e a capacidade coletiva de pôr um fim à violência no país.

Feltman afirmou que a ONU está trabalhando muito para realizar a Conferência Genebra 2, em meados de novembro.

Ele disse que a reunião tem como objetivo ajudar a todas as partes a iniciar um processo político que leve à implementação de um governo provisório.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 24 DE ABRIL DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 24 DE ABRIL DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

abril 2014
S T Q Q S S D
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930