Estudo da OIT elogia aumento de salário mínimo no Brasil desde 2004

Ouvir /

Publicação apresenta série de políticas para produção de sinergia entre crescimento econômico e criação de postos de trabalho decentes; Bolsa Família também é citado ao lado de programas da África do Sul e da Turquia entre outros.

OIT defende a criação de postos de trabalho decentes. Foto: OIT/Kemal Jufri

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

A Organização Internacional do Trabalho, OIT, voltou a defender a criação de postos de trabalho decentes para promover crescimento econômico.

A afirmação é o tema de uma publicação da OIT que analisa as tendências do mercado de trabalho em vários países emergentes. O livro apresenta uma série de políticas que levam à sinergia entre o crescimento econômico e a criação de trabalhos decentes.

Proteção Social

O Brasil foi citado no estudo com o Bolsa Família e os efeitos sobre a redução da pobreza assim como as políticas que elevaram os níveis do salário mínimo em mais de 130% desde 2004.

A co-autora do livro, Sandrine Cazes, notou que o mundo registrou avanços na redução da pobreza, e que a maioria dos países emergentes se mostrou resistente à crise.

Mas para ela, muitos trabalhadores ainda têm que enfrentar a realidade do emprego informal, proteção social limitada assim como o acesso à previdência.

África do Sul e Turquia

A publicação "Os mercados de trabalho das economias emergentes: o crescimento se traduz em mais e melhores empregos?" mostra as semelhanças e diferenças do mercado de trabalho. Além do Brasil, o livro cita programas na Indonésia, na África do Sul e na Turquia.

Uma das preocupações dos especialistas é que a maioria dos postos de trabalho criados nos países emergentes não está relacionada a empregos formais com direitos e benefícios. O acesso à educação de qualidade e ao treinamento também são algumas das falhas desses mercados.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 19 DE SETEMBRO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 19 DE SETEMBRO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

setembro 2014
S T Q Q S S D
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930