Ban diz que milhões dependem da ajuda dos funcionários da ONU

Ouvir /

Secretário-Geral fez a declaração para marcar o Dia das Nações Unidas, esta quinta-feira, 24 de outubro; ele afirmou que guerra na Síria é o maior desafio à segurança.

Sede da ONU em Nova York.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, disse que milhões de pessoas no mundo dependem da assistência dos funcionários de ajuda humanitária da ONU.

A declaração foi feita para marcar o Dia das Nações Unidas, esta quinta-feira, 24 de outubro. Ban afirmou que o conflito na Síria representa a maior ameaça à segurança.

Paz e Progresso

Segundo ele, essa data representa uma chance para se reconhecer como a Organização contribui para a paz e o progresso comum.

O chefe da ONU disse ainda que esse é o momento para se refletir sobre o que mais pode ser feito para atingir a visão das Nações Unidas para um mundo melhor.

Brasil

O coordenador residente do sistema das Nações Unidas no Brasil e representante residente do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Pnud, no país, Jorge Chediek falou à Rádio ONU, de Brasília, sobre a data especial.

"O Dia da ONU para nós é uma comemoração constante. Muitas das iniciativas que estamos tendo este ano para comemorar o Dia da ONU foram feitas ao redor do legado de Sérgio Vieira de Mello. E vamos finalizar as comemorações com uma caminhada do pessoal do sistema das Nações Unidas e dos amigos das Nações Unidas, aqui em Brasília."

Armas Químicas

Em sua mensagem, o Secretário-Geral afirmou que os especialistas da ONU estão trabalhando de perto com a Organização para a Proibição de Armas Químicas, Opaq, ganhadora do Nobel da Paz, para destruir os arsenais da Síria.

Ao mesmo tempo, Ban afirmou que as Nações Unidas estão buscando uma solução diplomática para acabar com o sofrimento no país que já foi longe demais.

Sustentabilidade

O chefe da ONU disse que em relação ao desenvolvimento, o maior desafio é transformar a sustentabilidade em um fato real.

Ele afirmou que os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio cortaram a pobreza pela metade.

Segundo Ban, agora todos devem manter esse processo e criar uma agenda de desenvolvimento pós-2015 inspiradora para alcançar um acordo sobre a mudança climática.

Ban lembrou que novamente, neste ano, todos puderam ver as Nações Unidas se juntando para combater conflitos armados, lutar pelos direitos humanos, meio ambiente e vários outros assuntos.

Ação Coletiva

Para o Secretário-Geral os países continuam mostrando o que uma ação coletiva pode conquistar e disse que eles podem fazer muito mais.

Ele afirmou que num mundo mais conectado, os países devem estar mais unidos.

Ban encerrou a mensagem pedindo as nações que trabalhem juntas para a paz, para o desenvolvimento e pelos direitos humanos.

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 30 DE JULHO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 30 DE JULHO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

julho 2014
S T Q Q S S D
« jun    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031