Ipcc afirma que aquecimento global é causado pela atividade humana

Ouvir /

Relatório do Painel da ONU sobre Mudança Climática confirma influência humana como a causa dominante do aumento da temperatura do planeta; concentração de gases como o CO2 é a maior em 800 mil anos.

Mudanças climáticas

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

O Painel Intergovernamental sobre Mudança Climática, Ipcc, confirmou nesta sexta-feira que a influência humana é a causa dominante do aquecimento global observado desde 1950.

As atividades humanas contribuem com 95% a 100% do aumento da temperatura do planeta. Da cidade de Xian, na China, o professor e membro do IPCC, Filipe Duarte Santos, explicou à Rádio ONU quais são essas ações.

Petróleo

"As atividades são essencialmente duas. A utilização dos combustíveis fósseis, do carvão, do petróleo e do gás natural. Esses combustíveis fósseis representam cerca de 80% das fontes primárias de energia a nível global, 80% é um valor muito elevado. E a outra causa das emissões de dióxido de carbono na atmosfera são as alterações do uso dos solos e em particular, o desmatamento."

O professor Filipe Duarte Santos ressalta que a agricultura e a pecuária também causam o aquecimento global. Segundo ele, a produção de arroz, por exemplo, lança na atmosfera grandes quantidades do gás metano.

Níveis Históricos 

O relatório do Ipcc informa ainda que a concentração na atmosfera de gases como metano, dióxido de carbono, CO2, e óxido nitroso, é a maior já observada em 800 mil anos.

Só as concentrações de CO2 aumentaram 40% desde os níveis da era pré-industrial. O oceano absorve 30% desses gases, o que causa a acidificação dos mares.

O Ipcc destaca que a mudança climática é sem precedentes, com aquecimento da atmosfera e dos oceanos; diminuição da neve e do gelo; aumento do nível do mar e maior concentração de gases que causam o efeito estufa.

Dias Quentes

A previsão do painel é que a temperatura média global irá aumentar entre 0,3˚ C e 0,7˚ C no período 2016-2035. Com a mudança do clima, a população enfrenta menos dias frios e mais dias e noites quentes.

Outra estimativa do Ipcc é de que até 2100, o volume glacial pode ser entre 35% e85% menor.

O painel recomenda uma redução sustentada e substancial das emissões dos gases que causam o efeito estufa, como maneira para limitar a mudança climática. Mas o Ipcc acredita que os efeitos irão persistir por "muitos séculos, mesmo se houvesse um fim das emissões de dióxido de carbono".

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 26 DE NOVEMBRO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 26 DE NOVEMBRO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

novembro 2014
S T Q Q S S D
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930